UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Mitos eleitorais: a urna eletrônica NÃO é fabricada pela Smartmatic
06.10.2018 - 13h00
Rio de Janeiro - RJ
Em todo ano de eleição, informações desencontradas e afirmações infundadas confundem o eleitor. São os chamados “mitos eleitorais”. Antes de ir às urnas e escolher o presidente, os governadores e o senadores de cada estado, além dos deputados federais e estaduais, os eleitores podem contar com mais uma série de checagens da Lupa. Desta vez, a agência publica textos e vídeos que combatem a desinformação que ronda o processo eleitoral. No oitavo capítulo, a pergunta é sobre a fabricação das urnas eletrônicas: elas são feitas pela “Smartmatic”? Confira o resultado da checagem:
“A urna eletrônica é fabricada pela Smartmatic”
Falso
As urnas eletrônicas utilizadas nas eleições brasileiras são fabricadas pela empresa Diebold com base em projetos e sistemas produzidos pelo próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Este mito surgiu porque a Smartmatic foi a vencedora de um edital que previa a compra de 30 mil módulos de impressão de voto, 66 mil bobinas de papel e 25,3 mil cabinas de votação. Mas, no mês seguinte, a empresa foi reprovada no teste de impressão do voto, realizado pelo TSE. A outra empresa licitante também foi desclassificada, fazendo com que, em maio, a licitação fosse definitivamente cancelada. Nas redes sociais, circulam diversas notícias falsas que ligam a fabricação das urnas eletrônicas à Smartmatic. A Lupa já fez uma checagem sobre o assunto.
O TSE ainda informa que a Smartmatic teve contratos com o órgão entre 2010 e 2012. Eles foram relacionados a serviços de logística, de conservação de materiais e de fornecimento de antenas.
Assista ao vídeo produzido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e compartilhe esse material nas suas redes sociais:
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Checagem
Conteúdo de verificação e classificação de uma ou mais falas específicas de determinada pessoa, seguindo metodologia própria.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


25.02.2024 - 19h45
Checagem
Ato em SP: Bolsonaro erra dados e ignora contextos ao lembrar seu governo

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) reuniu aliados em um ato em São Paulo para se defender das acusações de tentativa de golpe. No discurso, citou dados sem contexto sobre auxílio emergencial e errou ao falar sobre o preço do etanol. Também se contradisse ao afirmar que ninguém pode ganhar uma eleição 'afastando os opositores do cenário político'

Ítalo Rômany
29.01.2024 - 21h15
Política
Em live, Bolsonaro se contradiz sobre Maduro e erra sobre ações do TSE

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu em uma live no domingo (28) pautas que marcaram o seu governo, como o voto impresso e o acesso às armas de fogo. Ele ainda fez uma afirmação falsa sobre o TSE e ignorou o contexto ao tratar de uma fake relacionada à Covid-19. O ex-presidente ainda se contradisse ao comentar sobre as eleições na Venezuela

Carol Macário
24.01.2024 - 15h39
Checagem
No Roda Viva, Haddad exagera sobre energia limpa e erra sobre reservas cambiais

Em entrevista ao programa Roda Viva no dia 22 de janeiro, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, fez comparações entre o preço da gasolina no governo atual e durante a gestão de Bolsonaro. Ele exagerou dados sobre a matriz energética brasileira e errou sobre as reservas internacionais. A Lupa checou algumas declarações do ministro.

Carol Macário
19.09.2023 - 12h18
Checagem
Na ONU, Lula erra sobre crise climática e produção de biodiesel

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a abrir a Assembleia-Geral das Nações Unidas depois de 14 anos. No discurso de abertura da 78ª edição do encontro, sediado em Nova York nesta terça-feira (19), o brasileiro enfatizou o combate às desigualdades, além de fazer críticas a organismos internacionais. A Lupa checou algumas das frases ditas pelo presidente.

Carol Macário
14.09.2023 - 15h40
Saúde
Deputados desinformam sobre vacina em reunião com a ministra da Saúde

Deputados federais usaram uma reunião com a presença da ministra da Saúde, Nísia Trindade, para desinformar sobre a vacinação contra a Covid-19. Trindade participou de uma audiência conjunta das comissões de Saúde e Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família nesta quarta-feira (13). A ministra também foi cobrada pelos parlamentares sobre o conteúdo da Resolução n° 715 do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Ítalo Rômany
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital