UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Coronavírus: veja o que já checamos sobre a pandemia que atinge o mundo
28.01.2020 - 20h38
Rio de Janeiro - RJ
Descoberto em 7 de janeiro, o vírus SARS-Cov-2, da família coronavírus, infectou centenas de milhares de pessoas no mundo todo. A epidemia já alcançou mais de 100 países, em todos os continentes. E a desinformação sobre o assunto também cresce a cada dia. A Lupa tem uma newsletter diária e especial apenas com conteúdos sobre a pandemia. Clique aqui e inscreva-se para receber.
Situações dramáticas como essa são bastante propícias para a propagação de desinformação nas redes sociais. Por causa disso, a Lupa faz parte de uma aliança de mais de 100 checadores de quase 50 países que verificam informações que circulam sobre a doença. Este trabalho está sendo coordenado pela IFCN.
O novo coronavírus pode causar febre, tosse, falta de ar, problemas gástricos e diarreia. O vírus é da mesma família que os micro-organismos causadores da SARS (sigla em inglês para Severe Acute Respiratory Syndrome), epidemia também iniciada na China e que matou 774 pessoas entre novembro de 2002 e julho de 2003. Também é dessa família o vírus responsável pela MERS (sigla em inglês para Middle East Respiratory Syndrome), doença respiratória identificada em 2012, na Arábia Saudita, cuja taxa de mortalidade é de cerca de 38%.
Veja o que a Lupa checou até o momento:
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Reportagem
Conteúdo investigativo que aborda temas diversos relacionados a desinformação com o objetivo de manter os leitores informados.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


01.03.2024 - 12h00
Política
Guerra Rússia-Ucrânia: Zelensky sofreu 23 vezes mais ataques de deepfakes e montagens do que Putin

Deepfakes, montagens e alterações em vídeos e fotos tentam aproximar o presidente da Ucrânia do nazismo, da corrupção e das drogas. Dados obtidos pela Lupa mostram que, desde 2022, Volodymyr Zelenski foi alvo de conteúdos fabricados ou editados mais de 160 vezes. Ao menos dez dessas 'fakes' também viralizaram em português

Cristina Tardáguila
28.02.2024 - 15h00
Crime
Posts fakes e sem provas sobre Marajó voltam a ganhar força nas redes

Posts fakes e sem provas voltam a circular nas redes politizando casos de exploração sexual de crianças na Ilha do Marajó (PA). Dentre os posts enganosos está o de que o presidente Lula acabou com um programa criado pela ex-ministra Damares Alves. Há também um vídeo de um porta-malas cheio de crianças que, na verdade, foi gravado no Uzbequistão.

Ítalo Rômany
24.02.2024 - 08h00
Política
Tráfico de órgãos e testes ilegais de vacina: a desinformação russa contra Zelensky no 2º ano da guerra

A guerra entre Rússia e Ucrânia completa dois anos em 24 de fevereiro. No segundo ano de conflito, as publicações falsas que chegam ao Brasil evoluíram e tornaram a verificação mais complexa. Em canais do Telegram, circulam conteúdo desinformativo que inclui falsificação de documentos e vídeos com acusações de tráfico de órgãos.

Maiquel Rosauro
23.02.2024 - 18h48
Política
Ato de Bolsonaro alimenta volta de fakes sobre fraude na eleição e golpe

 O sistema eleitoral brasileiro voltou a ser atacado nas redes sociais, especialmente depois que o ex-presidente Jair Bolsonaro convocou apoiadores  para ato na Av. Paulista, em São Paulo, no próximo domingo (25). Fakes sobre vacinas e ataques ao STF e à esquerda também aumentaram em fevereiro, especialmente no Telegram e no X. 

Carol Macário
20.02.2024 - 12h00
Política
Áudios manipulados com uso de IA viram alerta para eleições municipais

A disseminação de áudios manipulados com uso de Inteligência Artificial (IA) já é realidade no Brasil. Casos recentes ocorridos em cidades como Manaus (AM) e Maringá (PR) alertam especialistas por causa das eleições de 2024. Fatores como restrição no número de peritos em municípios e ausência de moderação de plataformas tendem a dificultar cenário

Ítalo Rômany
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital