UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que Israel teve ‘melhor situação do mundo’ contra Covid-19 isolando apenas idosos
27.03.2020 - 20h23
Rio de Janeiro - RJ
Circula nas redes sociais que Israel conseguiu manter um baixo de mortes por Covid-19 “isolando apenas os idosos”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:
“Israel tem a melhor situação do mundo… 1700 casos e 1 morte!!!! Sem isolamento, pelo contrário, quanto mais jovens pegar melhor..não lotou hospitais, UTIs etc..Isolou apenas os idosos e enfrentou o vírus”
Imagem publicada no Facebook que, até as 19h30 do dia 27 de março, tinha sido compartilhada por cerca de 200 pessoas
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. Israel não isolou apenas os idosos. Desde 22 de março, a maior parte da população de Israel, independentemente da idade, está sob “isolamento parcial”. Os moradores do país estão sendo orientados a ficar em casa e sair apenas para comprar mantimentos e remédios, e grande parte das atividades econômicas estão suspensas. Nos últimos dias, as regras ficaram mais rígidas. Desde o dia 25, quem for pego desrespeitando o isolamento pode ser multado e, em caso de reincidência, até mesmo detido.
Em 12 de março, o país anunciou o fechamento das universidades e escolas. Dois dias depois, o governo determinou o fechamento de todas as lojas não consideradas essenciais, assim como dos equipamentos de lazer.
No dia 17, Israel anunciou um chamado “isolamento voluntário”. Entre as regras, estava trabalhar de forma remota sempre que possível e não sair de casa exceto para comprar mantimentos ou medicamentos (ou buscar atendimento médico urgente). As regras começariam a valer no dia 22.
Entretanto, dois dias depois, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu anunciou que o isolamento não seria mais voluntário, e sim obrigatório. Entre as novas medidas, ele determinou até mesmo o fechamento do parlamento do país, o Knesset. Essa medida, especificamente, acabou sendo revertida pela Justiça dias depois.
Desde a última quarta-feira (25), a polícia passou a aplicar multas a quem descumprir as regras. Essas multas podem chegar ao valor de NIS 500 (equivalente a cerca de R$ 715). Em casos extremos, a polícia pode até mesmo prender por seis meses quem violar as regras.
Até o momento, de fato, a taxa de mortalidade por Covid-19 é baixa no país. Segundo o último relatório da Organização Mundial da Saúde, publicado nesta sexta (27), o país teve 3.035 casos confirmados da doença, e apenas 10 mortes. No mesmo relatório, estão registrados 2.433 ocorrências e 57 mortes no Brasil, por exemplo – depois da publicação, esses números foram atualizados pelo Ministério da Saúde para 3.417 e 92.
Essa informação também foi verificada pelos sites Estadão Verifica e Aos Fatos.
Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


14.07.2024 - 18h09
Internacional
É falso que senador Randolfe Rodrigues se solidarizou com homem que atirou em Donald Trump

Post alega que o senador Randolfe Rodrigues se solidarizou com o homem morto pela polícia após tentar assassinar o ex-presidente e candidato à presidência dos EUA Donald Trump. A publicação exibe um print do X do parlamentar com a mensagem. É falso. Não há indício de que Randolfe tenha feito o post. A página que fez a alegação deletou a postagem.

Maiquel Rosauro
14.07.2024 - 17h18
Eleições nos EUA
É falso que foto comprova que Trump foi baleado no peito em atentado

Circula nas redes sociais e no WhatsApp uma imagem que sugere que o ex-presidente dos Estados Unidos e atual candidato republicano Donald Trump também teria levado um tiro no peito durante atentado na Pensilvânia. É falso. Na verdade, o suposto buraco de bala não passa de uma dobra no casaco de um dos agentes do Serviço Secreto que o protegeram.

Cristina Tardáguila
14.07.2024 - 17h08
Eleições nos EUA
Homem de touca em foto não é atirador de atentado contra Trump; trata-se de jornalista italiano

Circula nas redes post que diz que a pessoa que tentou assassinar o ex-presidente Donald Trump é Mark Violets, membro de um grupo antifacista. O post inclui uma foto do suposto acusado.. É falso. A imagem que circula é do jornalista italiano Marco Violi. O FBI afirma que a autoria dos tiros é de Thomas Crooks. Portanto, trata-se de pessoas distintas.

Ítalo Rômany
10.07.2024 - 17h34
Política
Vídeo de Lula assumindo que levou 11 contêineres de acervo é anterior a decisão do TCU sobre presentes

Circula nas redes post afirmando que o presidente Lula saiu da Presidência com 11 contêineres de acervo, sem devolver os presentes recebidos. Falta contexto. À época, havia um entendimento de que o acervo deveria ser preservado pelos ex-presidentes. Somente após acórdão do TCU, em setembro de 2016, é que o petista devolveu os presentes.

Ítalo Rômany
10.07.2024 - 17h13
Política
Janja não disse que aumento do preço da gasolina é para os veículos e não para os motoristas. É uma sátira

Post alega que a primeira dama Janja da Silva disse que o aumento no preço da gasolina é para veículos, não para motoristas. A frase remetida à Janja está presente em uma captura de tela que possui o layout do g1. É falso. Janja não disse a frase. A arte presente no post é uma sátira inspirada em um antigo comentário de Janja sobre importações.

Maiquel Rosauro
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital