UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Pesquisador chinês morto nos EUA não estava ‘prestes a descobrir’ vacina para Covid-19
27.05.2020 - 19h10
Rio de Janeiro - RJ
Circula em redes sociais que um pesquisador chinês estava “prestes a descobrir a vacina” para Covid-19″ quando foi “misteriosamente encontrado morto”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:
“O pesquisador Bing-Liu estava prestes a descobrir a ‘vacina’ contra o corona-vírus e foi misteriosamente encontrado morto em sua casa no dia 02 de maio”
Legenda de publicação no Instagram que, até o dia 27 de maio, tinha sido curtida por 27 mil pessoas
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. O cientista da computação chinês Bing Liu, de fato, estudava a Covid-19 e foi assassinado em seu apartamento nos Estados Unidos, mas não há evidências de que ele estava “prestes a descobrir a vacina contra o coronavírus”. De acordo com a imprensa americana (aqui, aqui e aqui), os investigadores também concluíram que há “zero indícios” de que o crime tenha relação com a pesquisa que ele desenvolvia ou mesmo com o fato de ele ser chinês. O Departamento de Polícia de Ross, na Pensilvânia, onde o crime aconteceu, determinou que se trata de um homicídio passional seguido de suicídio.
Segundo seu perfil no Linkedin, Bing Liu era professor assistente da Universidade de Pittsburgh e trabalhava com biólogos para desenvolver métodos computacionais capazes de compreender doenças como a Covid-19. “Bing estava próximo de realizar descobertas significantes para o entendimento do mecanismo celular subjacente à infecção por SARS-CoV-2 e sua base celular”, diz, em nota, o Departamento de Biologia Computacional e Sistemas da Escola de Medicina da Universidade de Pittsburgh.
Não há, contudo, qualquer menção à descoberta de uma vacina para o coronavírus na pesquisa do cientista. A informação foi reforçada pela supervisora da vítima, Ivet Bahar, que disse em depoimento que Liu tinha “acabado de começar a receber resultados interessantes” em sua pesquisa. Os colegas do cientista informaram que seguirão o trabalho.
De acordo com a polícia, Bing foi morto pelo engenheiro de software Hao Gu. Os dois se conheciam, e o crime foi motivado por ciúme. Hao cometeu suicídio em seu carro após matar o colega a tiros.
A teoria de que o assassinato do pesquisador estaria relacionado a sua pesquisa começou na China. Segundo a BBC, usuários da rede social chinesa Weibo iniciaram rumores de que, em seus estudos, Bing Liu teria descoberto que o vírus foi levado à China por soldados americanos que visitaram Wuhan em outubro de 2019. Não há qualquer evidência de que isso seja verdade.
Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


14.07.2024 - 18h09
Internacional
É falso que senador Randolfe Rodrigues se solidarizou com homem que atirou em Donald Trump

Post alega que o senador Randolfe Rodrigues se solidarizou com o homem morto pela polícia após tentar assassinar o ex-presidente e candidato à presidência dos EUA Donald Trump. A publicação exibe um print do X do parlamentar com a mensagem. É falso. Não há indício de que Randolfe tenha feito o post. A página que fez a alegação deletou a postagem.

Maiquel Rosauro
14.07.2024 - 17h18
Eleições nos EUA
É falso que foto comprova que Trump foi baleado no peito em atentado

Circula nas redes sociais e no WhatsApp uma imagem que sugere que o ex-presidente dos Estados Unidos e atual candidato republicano Donald Trump também teria levado um tiro no peito durante atentado na Pensilvânia. É falso. Na verdade, o suposto buraco de bala não passa de uma dobra no casaco de um dos agentes do Serviço Secreto que o protegeram.

Cristina Tardáguila
14.07.2024 - 17h08
Eleições nos EUA
Homem de touca em foto não é atirador de atentado contra Trump; trata-se de jornalista italiano

Circula nas redes post que diz que a pessoa que tentou assassinar o ex-presidente Donald Trump é Mark Violets, membro de um grupo antifacista. O post inclui uma foto do suposto acusado.. É falso. A imagem que circula é do jornalista italiano Marco Violi. O FBI afirma que a autoria dos tiros é de Thomas Crooks. Portanto, trata-se de pessoas distintas.

Ítalo Rômany
10.07.2024 - 17h34
Política
Vídeo de Lula assumindo que levou 11 contêineres de acervo é anterior a decisão do TCU sobre presentes

Circula nas redes post afirmando que o presidente Lula saiu da Presidência com 11 contêineres de acervo, sem devolver os presentes recebidos. Falta contexto. À época, havia um entendimento de que o acervo deveria ser preservado pelos ex-presidentes. Somente após acórdão do TCU, em setembro de 2016, é que o petista devolveu os presentes.

Ítalo Rômany
10.07.2024 - 17h13
Política
Janja não disse que aumento do preço da gasolina é para os veículos e não para os motoristas. É uma sátira

Post alega que a primeira dama Janja da Silva disse que o aumento no preço da gasolina é para veículos, não para motoristas. A frase remetida à Janja está presente em uma captura de tela que possui o layout do g1. É falso. Janja não disse a frase. A arte presente no post é uma sátira inspirada em um antigo comentário de Janja sobre importações.

Maiquel Rosauro
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital