UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Trump não disse que o Brasil é o único país do mundo que o ‘Supremo Tribunal isolou o presidente do combate à pandemia’
19.06.2020 - 14h57
Rio de Janeiro - RJ
Circula nas redes sociais uma imagem com uma aspas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o Brasil e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No trecho que consta no post, Trump teria dito que o Brasil é o único país do mundo em que o Supremo Tribunal Federal (STF) retirou poderes de um presidente para combater a pandemia da Covid-19. Ainda de acordo com a legenda, governadores e prefeitos estariam fazendo “tudo errado”, inclusive aproveitando do momento para realizar “roubos e saques”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:
“O Brasil é o único País do Mundo que o SUPREMO TRIBUNAL ISOLOU O PRESIDENTE do combate a Pandemia e entregou os poderes do País a Governadores e Prefeitos descomprometidos com o destino da Nação E FIZERAM TUDO ERRADO Muitos fizeram até ROUBOS E SAQUES no dinheiro destinado a salvar a vida de brasileiros”
Declaração atribuída ao presidente Donald Trump, em imagem publicada no Facebook que, até as 14h do dia 19 de junho de 2020, tinha sido compartilhada por mais de 380 pessoas
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. Não há registros que Donald Trump tenha feito tal afirmação. Na conta oficial do presidente americano no Twitter, não há nenhuma menção à frase citada na legenda da imagem. Não é possível encontrar, tampouco, registros dessa declaração na imprensa.
No início de junho deste ano, Trump criticou as políticas tomadas pelo Brasil no combate à pandemia da Covid-19. Na ocasião, o presidente americano havia dito que os EUA teriam até dois milhões de mortos se tivessem seguido o mesmo caminho da Suécia no enfrentamento ao coronavírus. E citou o Brasil como exemplo de país com problemas. “Se você olhar para o Brasil, eles estão passando por grandes dificuldades. A propósito, eles vivem citando o exemplo da Suécia. A Suécia está passando por um momento terrível. Se tivéssemos feito isso, teríamos perdido um milhão, um milhão e meio, talvez até dois milhões ou mais de vidas”.
O Supremo Tribunal Federal (STF), em abril deste ano, reconheceu a autonomia de governos estaduais e municipais para decretar medidas restritivas contra a pandemia da Covid-19. Isso, contudo, não exime o papel do governo federal no combate ao coronavírus.

Trump e a Suprema Corte

Na quinta-feira (18), Trump chegou a mencionar em um de seus tuítes a Suprema Corte – neste caso, a dos Estados Unidos. A postagem foi retuítada pelo presidente Jair Bolsonaro, em sua conta oficial no Twitter. No texto, Trump diz: “As recentes decisões da Suprema Corte, não somente sobre DACA, cidades-santuário, censo, entre outros, dizem apenas uma coisa: precisamos de NOVOS MINISTROS da Suprema Corte. Se os democratas da esquerda radical assumem o poder, sua segunda emenda, direito à vida, fronteiras seguras e liberdade religiosa, entre muitas outras coisas, estão ACABADAS!”.
A Suprema Corte dos EUA decidiu nesta quinta-feira (18) vetar a decisão do presidente Trump de encerrar um projeto que impede a deportação de mais de 649 mil imigrantes que entraram ilegalmente no país quando eram crianças – o Programa DACA, elaborado em 2012 pela gestão Barack Obama. Foi a segunda derrota imposta ao líder americano pelo mais alto órgão do Judiciário americano nesta semana. Na segunda-feira (15), a Suprema Corte julgou inconstitucional discriminar gays, lésbicas e transexuais no ambiente de trabalho.
Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


19.04.2024 - 17h13
Política
É falso que montagem contra o PT foi projetada em prédio do Elon Musk

Circula na internet um vídeo de uma projeção com o desenho de um burro vestido com a camiseta do PT. Segundo a publicação, a imagem teria sido projetada em um prédio do empresário Elon Musk em Nova York. É falso. Trata-se de uma montagem, criada a partir de um modelo pronto do CapCut.

Gabriela Soares
19.04.2024 - 16h58
Política
É falso que Congresso dos Estados Unidos deu 48 horas para o STF entregar documentos sobre o X

Post nas redes sociais alega que o Congresso dos EUA deu 48 horas para o STF entregar documentos referentes ao X. É falso. O Comitê de Assuntos Judiciários da Câmara de Deputados dos EUA solicitou ao X acesso às decisões do Supremo sobre moderação de conteúdo. A empresa entregou a documentação e informou o STF. 

Maiquel Rosauro
16.04.2024 - 17h50
Política
Lula segue recomendação do Ministério da Justiça e sanciona, com veto, PL da ‘saidinha’ de presos

Circula pelas redes sociais que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vetou o PL 2.253, de 2022, que restringe a chamada 'saidinha' de presos. Falta Contexto. Lula sancionou o projeto com veto, o presidente acatou recomendação do Ministério da Justiça e manteve o direito à saída temporária dos presos do semiaberto para visita a familiares.

Catiane Pereira
16.04.2024 - 17h22
Política
Homem que acusa governo brasileiro de solicitar dados de usuários do X não é diretor da rede

Circula nas redes um vídeo no qual um homem alega que o governo brasileiro teria solicitado aos líderes do X, antigo Twitter, informações pessoais dos usuários. Segundo a legenda do post, o homem seria o diretor da plataforma. É falso. A pessoa que aparece no vídeo é um jornalista estadunidense que levantou as tais suposições em uma reportagem.

Evelyn Fagundes
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital