UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que Xiaomi e Samsung estejam doando celulares a estudantes em isolamento por causa da Covid-19
01.07.2020 - 18h08
Rio de Janeiro - RJ
Circula no Facebook uma suposta promoção de smartphones da marca chinesa Xiaomi. Segundo a publicação, que utiliza o logotipo da Xiaomi no perfil, a proposta é ajudar estudantes que precisam de um celular para estudar, e que não estão tendo acesso às aulas por causa da pandemia da Covid-19. As primeiras 2.500 pessoas que conseguirem escrever letra por letra “G_A_N_A_R” nos comentários, sem serem interrompidos por outros usuários, ganhariam o aparelho. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:
“BEM-VINDO!!! queremos ajudar os alunos que precisam de um celular para estudar devido a pandemia de Covid19. As primeiras 2.500 pessoas neste grupo que escreverem letra por letra “G_A_N_A_R” sem serem interrompidas por outros concorrentes receberão telefones móveis xiaomi. GANHE UM TELEFONE MÓVEL PARA SUAS ESTUDANTES E CRIANÇAS”
Legenda de imagem publicada no Facebook que, até as 17h30 do dia 01 de julho de 2020, tinha sido compartilhada por mais de 990 pessoas
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. Por meio de nota, a assessoria de marketing da empresa Xiaomi no Brasil informou que a promoção não está sendo realizada pela marca e “trata-se de um terceiro utilizando-a sem a nossa autorização”. Além disso, a conta oficial da empresa Xiaomi Brasil no Facebook é outra. Não há na página nenhuma promoção semelhante.
Nos comentários da publicação da promoção, usuários disseram que, após conseguir o “feito” de comentar as letras “G_A_N_A_R” sem ser interrompido por outro usuário, o perfil entrou em contato. Nas mensagens enviadas, para “ganhar” o celular da Xiaomi, é preciso ainda fazer compartilhamentos de outros posts em diversos grupos para obter o prêmio. Isso “provaria” que o vencedor do smartphone não seria um “robô” e estaria apto a ganhar o brinde. Os prints desses comentários podem ser conferidos aqui, aqui e aqui.
Golpes semelhantes já foram verificados pela Lupa. O modelo era similar: uma página suspeita publicava um post ofertando vagas de emprego, iPhones ou produtos de higiene e solicitava contato através da caixa de comentários do post. Após comentar, o usuário era recebia uma mensagem da página. Essas mensagens direcionavam o usuário para uma versão falsa do Facebook, na qual era encorajado a colocar sua senha e seu login. Assim, esses dados eram roubados.

“BEM-VINDO,!
Queremos ajudar os alunos que precisam de um celular para estudar devido à pandemia de Covid19.
As primeiras 20,000 pessoas neste grupo que escreverem letra por letra ′′ SAMSUNG ′′ sem serem interrompidas por outros concorrentes receberão TELEFONES MÓVEIS SAMSUNG”
Imagem publicada no Facebook que, até o dia 6 de junho de 2020, tinha sido compartilhada por mais de 700 pessoas
Falso
A informação analisada pela Lupa também é falsa. Assim como no post verificado acima, as publicações oferecendo smartphones Samsung para estudantes durante a pandemia são tentativas de golpe. Em nota, a assessoria de imprensa da Samsung informou que a empresa “não realiza sorteios e não solicita dados pessoais fora de suas páginas oficiais”.
Atualização às 16h30 do dia 6 de junho de 2020: O texto e o título desta checagem foram atualizados para incluir informações sobre uma falsa promoção da Samsung.
Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


22.05.2024 - 12h12
Enchentes no RS
Exército não montou tendas para atender equipe do Jornal Nacional no RS

Circula nas redes o trecho de podcast em que voluntários no RS afirmam que o Exército montou duas tendas para atender exclusivamente a equipe do Jornal Nacional. É falso. As tendas foram montadas para apoiar as vítimas das enchentes, e a imprensa apenas acompanhou o processo. Em vídeo, as voluntárias esclareceram o engano. 


Gabriela Soares
22.05.2024 - 11h42
Enchentes no RS
É falso que avião da Força Aérea dos EUA pousou no RS com toneladas de doações

Circula pelas redes sociais um vídeo afirmando que uma aeronave da Força Aérea dos EUA (USAF) pousou no Rio Grande do Sul com toneladas de donativos. É falso. O consulado americano e a embaixada dos Estados Unidos desmentiram o boato.


Gabriela Soares
21.05.2024 - 18h50
Rio Grande do Sul
Não é do RS vídeo viral de enchente que invade estrada; imagens são do Japão

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra carros desviando de uma enxurrada que alaga uma estrada e casas sendo levadas por uma inundação. A legenda afirma: “enchente capturada por câmera de segurança - RS”. É falso. A gravação não foi feita no Rio Grande do Sul, mas no Japão, em 2011, durante um tsunami registrado após um terremoto.

Evelyn Fagundes
21.05.2024 - 17h44
Rio Grande do Sul
É falso que ministro Paulo Pimenta não bebeu água de purificador enviado ao RS

Circula pelas redes sociais que o ministro Paulo Pimenta, da Secretaria de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, não bebeu a água filtrada por um dos purificadores enviados pelo governo federal ao Rio Grande do Sul. É falso. O vídeo  omite o trecho no qual o ministro aparece de fato bebendo água.

Catiane Pereira
21.05.2024 - 14h39
Política
Falta contexto ao post sobre deputados gaúchos que votaram contra anistia da dívida do Estado

Post alega que sete deputados RS votaram contra uma emenda que anistiava as parcelas da dívida do Estado pelos próximos 36 meses. Falta contexto. Os parlamentares votaram contra duas emendas nesse sentido, mas votaram a favor do projeto que permitirá ao Estado direcionar cerca de R$ 11 bilhões para ações de reconstrução.

Maiquel Rosauro
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital