UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que Bill Gates não permitiu a vacinação dos próprios filhos
08.10.2020 - 15h47
Rio de Janeiro - RJ
Circula nas redes sociais que o fundador da Microsoft, Bill Gates, teria se recusado a vacinar os próprios filhos. A informação teria sido divulgada por um suposto “ex-médico” da família em um simpósio. “Posso dizer que ele se recusou terminantemente a vaciná-los quando criança”, teria dito o profissional. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:
“Você sabia que Bill Gates se recusa a vacinar seus próprios filhos? ‘Não sei se ele os vacinou quando adultos, mas posso dizer que ele se recusou terminantemente a vaciná-los quando crianças’, disse o médico… Acrescentando ‘eles eram crianças lindas, muito inteligentes e vivaz, ele disse que eles ficariam bem como estavam, eles não precisavam de nenhuma injeção”
Texto publicado no Facebook que, até o dia 08 de outubro, tinha sido compartilhado por 326 pessoas
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. Não há evidências de que um “ex-médico” de Bill Gates alegou que o fundador da Microsoft não vacinou seus três filhos. O boato circula desde fevereiro de 2018, quando foi publicado pelo tabloide americano YourNewsWire. Em entrevista às publicações americanas Reuters e APNews, o atual editor do portal, agora chamado de NewsPunch, afirmou que a história foi copiada de “algum blog”.
“Desde que foi alegado que copiamos uma história que era provavelmente falsa, nós removemos o artigo do site antigo e não republicamos no novo site”, diz o editor. Até outubro de 2018, agência de checagem americana Poynter chegou a avaliar como falsas cerca de 80 publicações do YourNewsWire.
Em fevereiro de 2018, a esposa de Bill, Melinda Gates, publicou em sua conta pessoal no Instagram que nenhuma criança deveria morrer de uma doença cuja prevenção é conhecida pela medicina. Já em abril de 2019, informou, em publicação no Facebook, que seus três filhos são vacinados.
A Fundação Bill e Melinda Gates é conhecida por investir valores bilionários em pesquisas para a qualificação de vacinas. Durante a pandemia, investiu cerca de US$ 100 milhões para os esforços de detectar, isolar e tratar infectados por Covid-19, incluindo o desenvolvimento de vacinas. Defensor da vacinação obrigatória, Bill Gates foi citado ao menos 145 vezes em peças de desinformação sobre a Covid-19 ao redor do mundo.
Esta afirmação também foi verificada por Politifact, APNews, Reuters.
Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


10.07.2024 - 17h34
Política
Vídeo de Lula assumindo que levou 11 contêineres de acervo é anterior a decisão do TCU sobre presentes

Circula nas redes post afirmando que o presidente Lula saiu da Presidência com 11 contêineres de acervo, sem devolver os presentes recebidos. Falta contexto. À época, havia um entendimento de que o acervo deveria ser preservado pelos ex-presidentes. Somente após acórdão do TCU, em setembro de 2016, é que o petista devolveu os presentes.

Ítalo Rômany
10.07.2024 - 17h13
Política
Janja não disse que aumento do preço da gasolina é para os veículos e não para os motoristas. É uma sátira

Post alega que a primeira dama Janja da Silva disse que o aumento no preço da gasolina é para veículos, não para motoristas. A frase remetida à Janja está presente em uma captura de tela que possui o layout do g1. É falso. Janja não disse a frase. A arte presente no post é uma sátira inspirada em um antigo comentário de Janja sobre importações.

Maiquel Rosauro
10.07.2024 - 14h43
Fraude
É golpe ferramenta ‘Recupera Fácil’ que promete devolver valores perdidos em fraudes online

Circula na internet anúncios de uma suposta ferramenta chamada “Recupera Fácil”, que promete rastrear e devolver aos usuários os valores perdidos em golpes digitais. As publicações usam a logo do Reclame AQUI, dando a entender que a tal ferramenta foi criada pela plataforma. É falso. Trata-se de um golpe. O Reclame AQUI alertou para a fraude.

Gabriela Soares
10.07.2024 - 10h17
Trânsito
Envio de multas de trânsito via Correios não vai acabar; acesso por app é opcional

Circula nas redes vídeo afirmando que motoristas não receberão mais via Correios as multas de trânsito. E que é preciso instalar o aplicativo da CNH Digital para ter acesso às autuações. Falta contexto. A adesão ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) é opcional. Aqueles que não optarem pelo SNE continuarão a receber multas via Correios.

Ítalo Rômany
09.07.2024 - 17h40
Política
Diretor do Detran-MS não é petista e não teve CNH cassada por 2 anos

Circula nas redes uma postagem  afirmando que o 'petista' João César Mattogrosso teve sua CNH cassada por 2 anos antes de se tornar diretor do Detran-MS. É falso. Mattogrosso foi penalizado por excesso de velocidade, com suspensão de dois meses, e o recurso ainda está em análise. Além disso, ele não é filiado ao PT, mas sim ao PSDB.

Ítalo Rômany
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital