UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que Simone Tebet disse que prefeitos e governadores ‘corruptos’ não devem ser investigados
07.05.2021 - 17h24
Rio de Janeiro - RJ
Circula nas redes sociais que a senadora Simone Tebet (MDB-MS) teria dito que “prefeitos e governadores não devem ser investigados” em sessão CPI da Pandemia, na última terça-feira (4). Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:
Essa figura [Simone Tebet] acha que prefeitos e governadores corruptos, não devem ser investigados
_Texto publicado no Facebook que, até as 15h30 do dia 07 de maio, tinha sido compartilhada por 96 pessoas
_
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. Uma fala da senadora Simone Tebet (MDB-MS) durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia foi editada e retirada de contexto. Na terça-feira (4), Tebet disse que não é de competência dos senadores investigar casos em que não há envolvimento de autoridades federais. Em momento algum ela disse que o mau uso de dinheiro público não deve ser investigado por outras instâncias.
No discurso original, disponível nas notas taquigráficas da CPI, Tebet resgata a decisão do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) tomada no ato de requerimento da CPI. Ela lembra que apesar de permitir a investigação do repasse de verbas federais, Pacheco excluiu das funções da CPI as “matérias de competência constitucional atribuídas aos Estados, Distrito Federal e Municípios”. Ou seja, o uso destes recursos não deve ser averiguado por uma Comissão de plenária federal.
Na sequência, afirma: “Não é porque o recurso é federal, foi repassado para estados e houve malversação do dinheiro público que ele pode ou deve ser investigado por esta Comissão”. As palavras “por esta Comissão” foram retiradas de modo a parecer que Tebet seria contrária a qualquer investigação deste tipo.
Em 13 de abril, Pacheco cumpriu uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e permitiu a criação da CPI ao unir os requerimentos dos senadores Eduardo Girão (Podemos-CE) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Segundo o presidente do Senado o objetivo se limita a fiscalizar os “recursos da União repassados aos demais entes federados para as ações de prevenção e combate à pandemia da Covid-19”.
A execução destas verbas pelos estados e municípios gerou quase 80 operações da Polícia Federal desde o início da pandemia. No Rio de Janeiro, o ex-governador Wilson Witzel sofreu impeachment após denúncia do Ministério Público Federal de desvios nos recursos da saúde. Em Minas Gerais, acusações de que servidores do governo do estado teriam “furado a fila” da vacina contra a Covid também promoveu a criação de uma CPI na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


14.06.2024 - 18h04
Educação
Lula criticou acesso difícil ao dizer que ‘universidade foi feita para ricos, não para pobres’

Vídeo mostra trecho de discurso do presidente Lula afirmando que as universidades foram feitas para ricos, não para pobres. O post tem sido compartilhado como se o político criticasse as cotas para pessoas de baixa renda e quilombolas. Falta contexto. No pronunciamento, o presidente disse que as oportunidades de acesso ao ensino superior não são iguais para todos.

Evelyn Fagundes
14.06.2024 - 17h38
Política
Vereador do PT foi preso por posse irregular de arma, não por desviar doações no RS

Circula nas redes um post dizendo que um vereador de Palmares do Sul (RS), filiado ao PT, foi preso por desviar doações destinadas ao Rio Grande do Sul. É falso. O vereador Filipe Lang (PT), um dos alvos de uma operação da Polícia Civil, foi detido em flagrante, mas por posse irregular de arma de fogo. O parlamentar foi liberado após pagar fiança.

Ítalo Rômany
14.06.2024 - 11h04
Política
É falso que relatório de CPI provou que Lula premeditou atos de 8 de janeiro

Circula nas redes post afirmando que o presidente Lula tinha conhecimento dos atos golpistas de 8 de janeiro — e que, portanto, o petista premeditou o crime. A prova seria o relatório final da CPI dos Atos Antidemocráticos do DF. É falso. Em nenhum momento o texto associa o nome do petista aos ataques ou o coloca entre os indiciados pelo crime.

Ítalo Rômany
13.06.2024 - 19h52
Política
Lula não disse que “a borracha vai cantar” sobre professores em greve

Circula nas redes um vídeo que mostra uma imagem do presidente Lula fazendo um discurso. O post contém a seguinte frase: “Lula manda recado: professores acabem com essa greve, senão a borracha vai cantar”. É falso. A foto se refere a um pronunciamento feito no dia 10 deste mês, mas a fala presente na legenda do conteúdo não foi feita pelo político.


Evelyn Fagundes
13.06.2024 - 17h18
Segurança pública
É falso que lei federal exige guarnições para atender a população LGBT+

Vídeo mostra foto de uma viatura da polícia militar na cor lilás. Segundo o áudio do vídeo, uma lei federal determinou que esse tipo de veículo deveria ser adotado pelas polícias e forças armadas para o atendimento à população LGBT+. É falso. A imagem foi feita no Piauí e se refere aos veículos utilizados na patrulha de combate à violência contra a mulher.

Evelyn Fagundes
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital