UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É antigo vídeo da torcida do Atlético-MG ofendendo Lula
18.11.2021 - 14h35
Rio de Janeiro - RJ
Circula pelo WhatsApp um vídeo em que torcedores do Atlético-MG aparecem gritando ofensas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo com a legenda, o registro seria de uma partida de futebol realizada em 7 de novembro de 2021 em Belo Horizonte (MG). Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:
“Lula arriscou e foi assistir Atlético MG X América, domingo último em BH. Foi muito emocionante quando o estádio inteiro começou a gritar pelo seu nome. Não tem preço!!! 😂😂😂 56 % na pesquisa, diz o Datafolha e só crescendo.👇🏻👇🏻”
Legenda de vídeo que circula em grupos de WhatsApp
Falso
A informação analisada pela Lupa é falsa. As imagens são antigas e foram registradas em 2016 durante uma partida em Belo Horizonte. Naquela data, o então juiz federal Sergio Moro, em uma decisão controversa, havia divulgado ligações interceptadas entre Lula e a então presidente Dilma Rousseff (PT). Isso provocou uma onda de protestos pelo país, como o que ocorreu no estádio. Além disso, a assessoria de imprensa do petista informou, em nota, que ele não foi assistir ao jogo entre Atlético-MG e América realizado em 7 de novembro deste ano na capital mineira.
O vídeo de 27 segundos mostra a torcida gritando ofensas ao ex-presidente em meio a um estádio lotado. No centro do campo, jogadores preparam-se para o início da partida. As imagens não são claras, mas um dos times, à direita, usa um uniforme branco, enquanto o posicionado à esquerda usa preto.
Fazendo uma busca reversa, é possível localizar duas gravações de ângulos semelhantes, publicadas em março de 2016. Ambas atribuem as imagens à partida do Atlético-MG contra o Colo-Colo, do Chile, pela Copa Libertadores da América. O jogo, realizado em 16 de março de 2016 na Arena Independência, localizada na capital mineira, terminou com a vitória do time brasileiro por 3 a 0.
As cores dos uniformes usados pelos times naquela noite são compatíveis às mostradas no vídeo. Em um trecho da transmissão do jogo pelo canal Fox Sports, inclusive, antes do apito inicial, é possível observar parte da torcida gritando o insulto ao ex-presidente. A estrutura da Arena Independência também é compatível com o estádio mostrado nas imagens analisadas.
De fato, em 7 de novembro de 2021 — data à qual o post verificado se refere —, o Atlético-MG enfrentou o América pelo Campeonato Brasileiro e venceu por 1 a 0. No entanto, a partida foi no Mineirão, cuja estrutura é diferente daquela do estádio mostrado no vídeo analisado. Além disso, o Instituto Lula declarou que o petista não compareceu à partida citada.

Lula na Casa Civil

Em meio à turbulência política provocada pela abertura do processo de impeachment, em 16 de março de 2016, o governo Dilma anunciou a nomeação do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil. Entretanto, horas depois, o ex-juiz Sergio Moro divulgou o áudio de uma ligação entre Lula e Dilma que sugeria que a indicação ao ministério poderia ter como objetivo evitar que o ex-presidente fosse alvo das ações da Operação Lava Jato. A decisão de Moro foi criticada por juristas e, posteriormente, o próprio juiz pediu desculpas ao Supremo Tribunal Federal, reconhecendo que poderia ter se equivocado. Na ocasião, ele negou que tenha agido com “intuito político-partidário”.
Essa informação também foi verificada por Aos Fatos e Boatos.org.
Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


21.02.2024 - 20h28
Segurança pública
Fuga de 17 presos no Piauí foi em penitenciária estadual, não federal

Vídeo aborda as fugas de presos no Piauí e em Rondônia. Segundo o post, esses acontecimentos teriam relação com o ministro Ricardo Lewandowski, uma vez que, ainda neste mês, dois detentos fugiram da Penitenciária de Mossoró. É falso. Ao contrário da unidade de Mossoró, que é federal, as prisões do Piauí e de Rondônia são de administração estadual.

Evelyn Fagundes
21.02.2024 - 16h42
Saúde
Repelente caseiro com cravo-da-índia, álcool e óleo corporal não tem eficácia contra dengue

Circula nas redes vídeo de um bombeiro ensinando uma receita de repelente caseiro com cravo-da-índia, álcool e óleo corporal para repelir o mosquito da dengue. Não há comprovação científica. Repelentes precisam ter o aval da Anvisa e seguir as orientações descritas na rotulagem do produto. Especialistas negam eficácia de repelentes caseiros

Ítalo Rômany
21.02.2024 - 14h50
Política
Vídeo em que deputado português chama Lula de ‘bandido’ é de 2023

Circula pelas redes um vídeo no qual o deputado português André Ventura chama o presidente Lula de "bandido". A legenda afirma que o discurso ocorreu “ontem”. É falso. A fala não é recente. O político de fato atacou o presidente brasileiro, mas a declaração foi dada em janeiro de 2023.

Catiane Pereira
21.02.2024 - 14h10
Eleições
É falso que urnas foram programadas para conceder vitória a Lula nas eleições de 2022

Vídeo afirma que urnas eletrônicas utilizadas no pleito eleitoral de 2022 continham um “algoritmo” que concederia uma margem de vitória ao então candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT). É falso. As urnas eletrônicas registram automaticamente todos os votos, e seu sistema não altera, adiciona e ou subtrai os votos dos eleitores.

Catiane Pereira
20.02.2024 - 16h47
Política
Paulo Pimenta não admitiu fraude ao dizer que Lula venceu eleição com 39% dos votos

Circula na internet um vídeo no qual o ministro-chefe da Secom, Paulo Pimenta, afirma que o presidente Lula ganhou as eleições de 2022 com 39% dos votos. Falta contexto. Pimenta considerou o universo total de eleitores, cálculo diferente do adotado pelo TSE, que exclui brancos, nulos e ausentes.

Gabriela Soares
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital