UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Vídeo de Luciano Huck é manipulado para aplicar golpe do ‘Saque Esquecido’
06.12.2023 - 17h18
João Pessoa - PB
Circula nas redes sociais um vídeo em que aparece o apresentador da TV Globo Luciano Huck anunciando que hoje (sem especificar a data) é o último dia para conseguir resgatar o dinheiro do programa Saque Esquecido, supostamente associado ao governo federal. É golpe.
Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:
Hoje senhoras e senhores é o último dia para conseguir resgatar o saldo do programa do governo Saque Esquecido. Este programa visa atender mais de 20 milhões de brasileiros nos próximos cinco dias. Quer saber se você tem algum saldo para receber? Basta clicar no botão que está aparecendo aí na sua tela e cadastrar o seu CPF
– Trecho de vídeo que circula no WhatsApp
Falso
O vídeo de Luciano Huck foi manipulado para incluir um áudio que sequer foi dito pelo apresentador. A assessoria de comunicação da Globo confirmou, por nota, a informação. O registro segue com um link que aplica golpes para roubar dados pessoais do usuário. 
No vídeo original, Luciano Huck critica a atitude de alguns brasileiros que celebraram a contusão do jogador Neymar. Ao comparar as imagens com as do vídeo desinformativo, é possível perceber que se trata do mesmo registro — o apresentador usa a mesma vestimenta e apresenta os mesmos gestos. 
à esquerda, trecho do vídeo manipulado; à direita, vídeo original

Link aplica golpes

O link compartilhado com o vídeo simula o layout de outros sites do governo federal. Entretanto, o endereço compartilhado 'webnewss.online' não segue o mesmo padrão do domínio 'gov.br'. O site fraudulento leva a um chatbox que solicita informações pessoais, como CPF, nome completo e dados bancários. Se o usuário enviar essas informações, poderá ter o cartão usado para compras indevidas pelos criminosos.
A ferramenta Detector de Site Confiável do Reclame Aqui, que alerta para páginas possivelmente fraudulentas, detectou que o site foi registrado há menos de três meses, nos Estados Unidos. "Fique atento, esse site não foi registrado no Brasil. Fraudadores costumam registrar seus sites em países estrangeiros", diz a plataforma.
Para não cair nesse tipo de golpe, o Banco Central reforça que é importante não clicar em sites que peçam dados pessoais e bancários prometendo resgates ou saques de dinheiro. Além disso, o usuário deve ficar atento aos certificados de segurança e só deve dar informações pessoais como endereço, CPF e dados de cartão de crédito quando tiver certeza de que a empresa existe e de que o site é confiável.

Valores a Receber

O Banco Central mantém um link oficial em que você pode consultar se tem dinheiro esquecido ou inesperado em algum banco, consórcio ou outra instituição financeira e, caso tenha, mostra como resgatar o valor. O site oficial é o valoresareceber.bcb.gov.br. O Banco Central diz ainda que não envia links nem entra em contato para tratar sobre valores a receber ou para confirmar dados pessoais. "Somente a instituição que aparece no Sistema de Valores a Receber é que pode te contatar e ela nunca vai pedir sua senha", reforça.

LEIA MAIS
Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


19.06.2024 - 17h48
Tecnologia
É falso que Starlink controla desde tornozeleiras eletrônicas até GPS

Post alega que a Starlink controla tornozeleiras eletrônicas; GPS; sistemas de navegação por satélites; comunicações e armamentos das Forças Armadas. É falso. A Starlink é uma empresa que oferece conexão à internet via satélite.

Maiquel Rosauro
19.06.2024 - 17h30
Cultura
Performances com terra, tinta e manteiga em vídeo viral não foram financiadas com impostos do Brasil

Post traz um vídeo com cinco apresentações artísticas. A legenda que acompanha a publicação alega que as performances foram pagas com impostos, o que dá a entender que foram realizadas no Brasil. É falso. As cinco cenas foram gravadas no exterior e não tiveram financiamento de leis de incentivo à cultura do país.

Maiquel Rosauro
19.06.2024 - 13h09
Enchentes
Caminhões em vídeo não levavam doações de Bolsonaro para Caxias do Sul

Circula nas redes um vídeo de três caminhões escoltados por carros do Batalhão de Polícia de Choque de Caxias do Sul (RS). Segundo a legenda da publicação, os veículos transportavam mantimentos enviados pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para a cidade. É falso. Os caminhões transportavam materiais para a Brigada Militar.


Gabriela Soares
19.06.2024 - 12h36
Política
Deputado de PL do Aborto mente sobre venda de fetos para fazer cosméticos

 Em vídeo, o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), que é um dos autores do Projeto de Lei 1904/2024, conhecido como PL do Aborto, afirma que a indústria utiliza fetos humanos na produção de cosméticos. É falso. O deputado utilizou informações falsas para embasar seu argumento.

Gabriela Soares
19.06.2024 - 11h51
Rio Grande do Sul
É falso que barragem rompeu em São Leopoldo, no RS, em maio

Vídeo alega que uma barragem rompeu em São Leopoldo e que prefeituras locais processaram pessoas por alertar contra a catástrofe. É falso. São Leopoldo não possui uma barragem hidrelétrica, mas um sistema de diques. O vídeo mostra um dique que extravasou. A Prefeitura afirma que não processou ninguém sobre avisos quanto às cheias.

Maiquel Rosauro
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital