UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que número de mortes de yanomamis cresceu 50% no governo Lula
09.01.2024 - 10h17
Porto Alegre - RS
Post que circula nas redes sociais afirma que o número de mortes de yanomamis cresceu 50% durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). É falso.
Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:
Número de mortes de ianomâmis cresce 50% no governo Lula, após acusar governo Bolsonaro de ‘genocida’”
– Texto em imagem que circula nas redes sociais
Falso
Em 2023, primeiro ano do governo Lula, o número de mortes de yanomamis registrou tendência de estabilidade na comparação com o ano anterior, indicam dados do Ministério da Saúde oriundos do Sistema de Informação da Atenção à Saúde Indígena (Siasi).
Em 2022, último ano do governo de Jair Bolsonaro (PL), morreram 343 yanomamis, conforme nota do Ministério da Saúde publicada na sexta-feira (5). Já entre 1º de janeiro e 30 de novembro de 2023, foram registrados 308 óbitos de indígenas da etnia, de acordo com a pasta. O dado oficial de dezembro ainda não foi divulgado, mas, até novembro, o país registrava queda de 10,2% no número de mortes.
A informação falsa sobre o aumento percentual da morte de yanomamis em 2023 foi publicada no título de uma matéria de um site que considerava 209 indígenas da etnia mortos em 2022. Porém, na mesma matéria, no terceiro parágrafo do texto, consta a informação do Ministério da Saúde sobre as 343 mortes em 2022.
"É importante esclarecer que a consolidação do número de mortes é um processo em atualização, que requer uma investigação detalhada, e que se tornou ainda mais complexo diante da precarização dos sistemas de notificação e vigilância no território identificados no início deste ano. Dessa forma, essa precarização pode levar a um número ainda maior de óbitos ocorridos até 2022", diz em nota o Ministério da Saúde.

Leia também

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco.
Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


10.07.2024 - 17h34
Política
Vídeo de Lula assumindo que levou 11 contêineres de acervo é anterior a decisão do TCU sobre presentes

Circula nas redes post afirmando que o presidente Lula saiu da Presidência com 11 contêineres de acervo, sem devolver os presentes recebidos. Falta contexto. À época, havia um entendimento de que o acervo deveria ser preservado pelos ex-presidentes. Somente após acórdão do TCU, em setembro de 2016, é que o petista devolveu os presentes.

Ítalo Rômany
10.07.2024 - 17h13
Política
Janja não disse que aumento do preço da gasolina é para os veículos e não para os motoristas. É uma sátira

Post alega que a primeira dama Janja da Silva disse que o aumento no preço da gasolina é para veículos, não para motoristas. A frase remetida à Janja está presente em uma captura de tela que possui o layout do g1. É falso. Janja não disse a frase. A arte presente no post é uma sátira inspirada em um antigo comentário de Janja sobre importações.

Maiquel Rosauro
10.07.2024 - 14h43
Fraude
É golpe ferramenta ‘Recupera Fácil’ que promete devolver valores perdidos em fraudes online

Circula na internet anúncios de uma suposta ferramenta chamada “Recupera Fácil”, que promete rastrear e devolver aos usuários os valores perdidos em golpes digitais. As publicações usam a logo do Reclame AQUI, dando a entender que a tal ferramenta foi criada pela plataforma. É falso. Trata-se de um golpe. O Reclame AQUI alertou para a fraude.

Gabriela Soares
10.07.2024 - 10h17
Trânsito
Envio de multas de trânsito via Correios não vai acabar; acesso por app é opcional

Circula nas redes vídeo afirmando que motoristas não receberão mais via Correios as multas de trânsito. E que é preciso instalar o aplicativo da CNH Digital para ter acesso às autuações. Falta contexto. A adesão ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) é opcional. Aqueles que não optarem pelo SNE continuarão a receber multas via Correios.

Ítalo Rômany
09.07.2024 - 17h40
Política
Diretor do Detran-MS não é petista e não teve CNH cassada por 2 anos

Circula nas redes uma postagem  afirmando que o 'petista' João César Mattogrosso teve sua CNH cassada por 2 anos antes de se tornar diretor do Detran-MS. É falso. Mattogrosso foi penalizado por excesso de velocidade, com suspensão de dois meses, e o recurso ainda está em análise. Além disso, ele não é filiado ao PT, mas sim ao PSDB.

Ítalo Rômany
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital