UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que consumo de própolis tenha eficácia contra mosquitos da dengue
09.02.2024 - 18h30
Rio de Janeiro - RJ
Circulam nas redes sociais posts alegando que o consumo de gotas de própolis poderia afastar o mosquito Aedes Aegypti, pois o produto seria expelido pelo suor e serviria como repelente para o inseto. É falso.
Por WhatsApp, leitores sugeriram que o conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:
Atenção amigos(as)!!!Estou repassando uma sugestão para ajudar afastar o mosquito causador da dengue, zica e chicungunha.
Me pareceu muito coerente. 
Uma médica do Hospital do Câncer de Barretos de SP, dra Lilian, falou que é simples: ‘Própolis’.
Tomando 5 gostas é o suficiente. Ele é expelido pelas glândulas sudoríparas, ou seja, pelo suor e afugenta o mosquitinho. Quem puder repasse para amigos e familiares. É uma solução simples, barata e pode salvar muitas vidas
– Legenda do post que circula nas redes sociais
Falso
Não existem evidências científicas que comprovem que o própolis seja eficaz como repelente contra o mosquito transmissor da dengue. Segundo a professora Lucia Rossetti Lopes, do Departamento de Farmacologia da Universidade de São Paulo (USP), não há estudos na literatura científica que indiquem que o própolis atue como repelente natural. 
“Não existe nenhuma evidência de que a própolis tenha algum efeito repelente sobre o mosquito. O uso de repelentes químicos ainda é o meio mais indicado para combater o mosquito”, afirmou a docente em nota encaminhada à Lupa.

Boato antigo 

Essa mensagem desinformativa circula nas redes sociais desde 2016. O conteúdo afirma que uma médica do Hospital do Câncer de Barretos (SP) teria recomendado o uso do própolis. A receita seria o consumo diário de apenas 5 gotas da substância, que seria suficiente para ser expelida pela pele, repelindo o Aedes Aegypti.
No entanto, ainda naquele ano, o próprio hospital negou, em nota, a autoria da orientação. “O Hospital de Câncer de Barretos vem a público esclarecer que a mensagem referente ao uso do própolis como método para afastar o mosquito Aedes Aegypti, que está circulando nas redes sociais e em aplicativos de conversa instantânea, não é orientação da instituição e de nenhum de seus colaboradores”, disse no comunicado publicado em 2016.
“Informamos ainda que as medidas mais eficazes para evitar a proliferação do mosquito causador da dengue, zika vírus e chikungunya são o não acúmulo de água parada em recipientes expostos e o uso de repelentes de insetos aprovados pela ANVISA”, completou a instituição.
Em 2017 e em 2019, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) também contestou um outro conteúdo desinformativo que alegava que o própolis teria efeito repelente contra o mosquito transmissor da dengue. “A indicação do uso de própolis para combater o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya não tem fundamentação científica”, concluiu a entidade.

Uso do própolis

No uso popular, o própolis é utilizado para fins anti-inflamatórios e cicatrizantes e, no repositório PubMed, da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, existem estudos com esse foco.

Leia mais


Editado por
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


19.04.2024 - 17h13
Política
É falso que montagem contra o PT foi projetada em prédio do Elon Musk

Circula na internet um vídeo de uma projeção com o desenho de um burro vestido com a camiseta do PT. Segundo a publicação, a imagem teria sido projetada em um prédio do empresário Elon Musk em Nova York. É falso. Trata-se de uma montagem, criada a partir de um modelo pronto do CapCut.

Gabriela Soares
19.04.2024 - 16h58
Política
É falso que Congresso dos Estados Unidos deu 48 horas para o STF entregar documentos sobre o X

Post nas redes sociais alega que o Congresso dos EUA deu 48 horas para o STF entregar documentos referentes ao X. É falso. O Comitê de Assuntos Judiciários da Câmara de Deputados dos EUA solicitou ao X acesso às decisões do Supremo sobre moderação de conteúdo. A empresa entregou a documentação e informou o STF. 

Maiquel Rosauro
16.04.2024 - 17h50
Política
Lula segue recomendação do Ministério da Justiça e sanciona, com veto, PL da ‘saidinha’ de presos

Circula pelas redes sociais que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vetou o PL 2.253, de 2022, que restringe a chamada 'saidinha' de presos. Falta Contexto. Lula sancionou o projeto com veto, o presidente acatou recomendação do Ministério da Justiça e manteve o direito à saída temporária dos presos do semiaberto para visita a familiares.

Catiane Pereira
16.04.2024 - 17h22
Política
Homem que acusa governo brasileiro de solicitar dados de usuários do X não é diretor da rede

Circula nas redes um vídeo no qual um homem alega que o governo brasileiro teria solicitado aos líderes do X, antigo Twitter, informações pessoais dos usuários. Segundo a legenda do post, o homem seria o diretor da plataforma. É falso. A pessoa que aparece no vídeo é um jornalista estadunidense que levantou as tais suposições em uma reportagem.

Evelyn Fagundes
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital