UOL - O melhor conteúdo
Lupa
É falso que Musk compartilhou ‘conversas secretas’ de Moraes que provam fraude nas eleições
15.04.2024 - 11h36
Rio de Janeiro - RJ
Circulam nas redes sociais publicações que afirmam que o empresário Elon Musk, dono do X (antigo Twitter), teria divulgado na própria rede social “conversas secretas” do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). As conversas supostamente provariam que a eleição presidencial de 2022 “foi uma farsa”. É falso. 
Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:
“Bomba, ele [Elon Musk] divulgou conversas secretas de [Alexandre de] Moraes no Twitter
 Eleição foi uma farsa, números, propaganda, perseguição, tudo combinado”

Falso
Não há notícias de que Elon Musk divulgou “conversas secretas” do ministro Alexandre de Moraes no X.  O conteúdo faz alusão ao conjunto de e-mails internos da empresa, com conversas entre os funcionários, divulgado pelo próprio Musk e publicado pelo jornalista norte-americano Michael Shellenberger. Os documentos ficaram conhecidos como “Twitter files”. No compilado não há nenhum registro que comprove fraude no processo eleitoral ou que a “eleição foi uma farsa”. 
O conteúdo descreve como membros da equipe jurídica da rede social reagiram a solicitações de autoridades brasileiras entre 2020 e 2022 — antes de Musk adquirir a plataforma. As mensagens são parte de um conjunto maior de arquivos de trocas de mensagens entre funcionários do X, liberados para jornalistas após a aquisição da plataforma, em outubro de 2022
O boato surge nas redes num contexto de escalada de críticas de Musk a Alexandre de Moares. Em 6 de abril, o empresário disse que Moraes estaria praticando censura no Brasil. Em postagens feitas no dia 10, ele reiterou suas críticas ao ministro do STF e, na madrugada do dia seguinte (11), participou de uma transmissão ao vivo na rede social com o blogueiro Allan dos Santos, do site Terça Livre - que tem as contas suspensas na plataforma por determinação do ministro, no âmbito do inquérito das Fake News. Parlamentares da extrema-direita também estiveram presentes na transmissão. 
Este conteúdo também foi verificado pelo Aos Fatos.   

SAIBA MAIS:

Esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.

Nota: Este conteúdo faz parte do projeto Mídia e Democracia, produzido pela Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getulio Vargas (FGV ECMI) e a FGV Direito Rio em parceria com Democracy Reporting International e a Lupa. A iniciativa é financiada pela União Europeia.
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


18.06.2024 - 13h25
Meio Ambiente
É falso que pesquisa da Nasa desmente ambientalistas

Circula pelas redes sociais que um estudo da Nasa teria mostrado que a agricultura brasileira ocupa apenas 7,6% do território nacional. Esse dado seria uma forma de desmentir ambientalistas e provar que existe “pressão e manipulação” no setor agro do país. É falso. A pesquisa é antiga e não considera as áreas de pastagens.

Carol Macário
18.06.2024 - 13h22
Política
É falso que vídeo mostra ‘ministro de Lula’ roubando dinheiro em culto

Post traz um vídeo no qual um homem aparentemente retira dinheiro de uma sacola durante coleta de ofertas em um culto. A legenda diz que o homem seria um ‘ministro de Lula’. É falso. O vídeo foi invertido e está sendo exibido de trás para frente. Além disso, quem aparece nas imagens é o ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes.

Catiane Pereira
17.06.2024 - 18h12
Política
Condenação anulada pelo TSE não permite que Bolsonaro concorra em 2026

Circulam nas redes sociais publicações afirmando que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anulou uma condenação contra Jair Bolsonaro (PL). Falta contexto. Embora isso tenha ocorrido, o ex-presidente continua inelegível até 2030 devido a outras duas condenações na Corte.


Gabriela Soares
17.06.2024 - 17h28
Polícia
É falso que polícias emitiram alerta por ‘saidinha’ de 50 mil presos

Post alega que as polícias estão alertando as pessoas para andarem com carros fechados, vidros travados, evitar passear a pé com crianças e não andar com celular na mão porque 50 mil presos saíram da prisão na "última saidinha”. É falso. Nenhuma força de segurança dos estados divulgou alerta sobre saída de presos. 

Maiquel Rosauro
17.06.2024 - 16h48
Internacional
Proposta de Milei que proíbe condenados por corrupção de se candidatar não foi aprovada

Post alega que o presidente da Argentina, Javier Milei, anunciou que condenados por corrupção não poderão concorrer como candidatos nas eleições nacionais. Falta contexto. A iniciativa faz parte de um projeto de lei que ainda não foi enviado ao Congresso. A proposta visa proibir condenados por corrupção em 2ª instância de se candidatar.

Maiquel Rosauro
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital