UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Imagens de enchentes no Maranhão são antigas; governo diz que cidades não estão cobertas por água
11.05.2024 - 16h09
João Pessoa - PB
Circula nas redes sociais imagens que mostram cidades do Maranhão alagadas por enchentes provocadas pelas chuvas no estado. O post traz os registros como se fossem atuais. No Maranhão, 30 municípios do estado decretaram situação de emergência por causa das chuvas. Falta contexto, as imagens são antigas.
Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:
URGENTE: Mais de 30 cidades do Maranhão estão em situação de emergência devido às chuvas. Cerca de 3 mil famílias estão desabrigadas ou desalojadas, segundo a Defesa Civil
– Legenda de post que circula no WhatsApp
Falta contexto
Os registros usados no post são antigos e não têm qualquer relação com a situação atual no Maranhão. As imagens que mostram moradores tentando salvar alguns objetos de casas que ficaram alagadas foram feitas no município de Tuntum (MA), em abril de 2018.
Já as imagens que mostram uma cidade completamente inundada foram registradas em abril de 2023, como mostra reportagem veiculada pela TV Band. Um outro registro, de dois garotos andando pelo meio da enchente, também foi feito em abril do ano passado.

Situação atual

O Maranhão está com 30 cidades em situação de emergência por causa das chuvas.O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), publicou em suas redes um comunicado informando que nenhuma delas estava coberta por água. "Este ano, as dificuldades estão abaixo do que passamos [...]. Tranquilizamos a todos e garantimos que o nosso trabalho em unidade com os municípios continuará para que possíveis situações extremas sejam contornadas de forma célere", diz o governador.
O Comandante-geral Célio Roberto, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão, também explicou em vídeo que não há pessoas em abrigos por causa das chuvas no Maranhão. "[...] Atualmente temos 30 municípios maranhenses que decretaram situação de emergência. E apenas um, de Santa Inês, que decretou estado de calamidade pública. [...] Atualmente nós não temos nenhuma família em abrigos, [...], mas nós continuaremos de prontidão", esclareceu.

Chuvas causam prejuízos

À BBC News Brasil, o tenente-coronel porta-voz do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, José Lisboa, afirmou que houve rompimento de uma ponte e de algumas vias de acesso a povoados na cidade de Santa Inês (MA), cidade que solicitou decreto de estado de calamidade pública. Mas que não há pessoas desabrigadas. 
Também há problemas de alagamentos na cidade de Barreirinhas (MA). O G1 publicou reportagem que mostra que 450 famílias foram afetadas pelas chuvas. Segundo o texto, o nível da água chegou a mais de um metro, invadindo algumas casas. "Até mesmo uma escola suspendeu as aulas e está fechada devido ao alagamento", informa.

Todos os conteúdos da Lupa são gratuitos, mas precisamos da sua ajuda para seguir dessa forma. Clique aqui para fazer parte do Contexto e apoiar o nosso trabalho contra a desinformação.

LEIA TAMBÉM
Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco.
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Verificação
Conteúdo de verificação de informações compartilhadas nas redes sociais para mostrar o que é falso.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


19.06.2024 - 17h48
Tecnologia
É falso que Starlink controla desde tornozeleiras eletrônicas até GPS

Post alega que a Starlink controla tornozeleiras eletrônicas; GPS; sistemas de navegação por satélites; comunicações e armamentos das Forças Armadas. É falso. A Starlink é uma empresa que oferece conexão à internet via satélite.

Maiquel Rosauro
19.06.2024 - 17h30
Cultura
Performances com terra, tinta e manteiga em vídeo viral não foram financiadas com impostos do Brasil

Post traz um vídeo com cinco apresentações artísticas. A legenda que acompanha a publicação alega que as performances foram pagas com impostos, o que dá a entender que foram realizadas no Brasil. É falso. As cinco cenas foram gravadas no exterior e não tiveram financiamento de leis de incentivo à cultura do país.

Maiquel Rosauro
19.06.2024 - 13h09
Enchentes
Caminhões em vídeo não levavam doações de Bolsonaro para Caxias do Sul

Circula nas redes um vídeo de três caminhões escoltados por carros do Batalhão de Polícia de Choque de Caxias do Sul (RS). Segundo a legenda da publicação, os veículos transportavam mantimentos enviados pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para a cidade. É falso. Os caminhões transportavam materiais para a Brigada Militar.


Gabriela Soares
19.06.2024 - 12h36
Política
Deputado de PL do Aborto mente sobre venda de fetos para fazer cosméticos

 Em vídeo, o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), que é um dos autores do Projeto de Lei 1904/2024, conhecido como PL do Aborto, afirma que a indústria utiliza fetos humanos na produção de cosméticos. É falso. O deputado utilizou informações falsas para embasar seu argumento.

Gabriela Soares
19.06.2024 - 11h51
Rio Grande do Sul
É falso que barragem rompeu em São Leopoldo, no RS, em maio

Vídeo alega que uma barragem rompeu em São Leopoldo e que prefeituras locais processaram pessoas por alertar contra a catástrofe. É falso. São Leopoldo não possui uma barragem hidrelétrica, mas um sistema de diques. O vídeo mostra um dique que extravasou. A Prefeitura afirma que não processou ninguém sobre avisos quanto às cheias.

Maiquel Rosauro
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital