UOL - O melhor conteúdo
Lupa
Ricardo Nunes exagera sobre investimentos da Enel e omite dados ao atacar PT
Esta checagem foi atualizada com uma resposta enviada pela assessoria de imprensa da prefeitura de São Paulo
05.06.2024 - 16h29
A Lupa deu a largada nesta semana para a cobertura das eleições municipais de 2024 com a checagem da sabatina promovida pelo MyNews com os pré-candidatos à prefeitura de São Paulo (SP). O primeiro entrevistado, nesta quarta-feira (5), foi o atual prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB). 
Em uma hora de sabatina, Nunes acertou ao citar dados sobre o efetivo da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e aumento de áreas verdes na cidade, mas exagerou ao comentar sobre investimentos bilionários da Enel para melhorar a infraestrutura da Grande São Paulo.
Além disso, faltou contexto em algumas manifestações feitas pelo pré-candidato. Ao comentar sobre a implantação do plano de drenagem do município, Nunes não mencionou que a discussão da proposta havia começado em 2014. Já ao criticar a gestão de Fernando Haddad (PT) por ter construído apenas três Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) na área da saúde, ele omitiu que o petista deixou 12 obras em andamento.
Nunes também não contextualizou corretamente ao citar que o PT jamais conseguiu ter um prefeito reeleito em São Paulo. Faltou mencionar que Luiza Erundina sequer poderia concorrer novamente em 1992 porque a lei proibia a tentativa de um segundo mandato, uma regra que só mudou na disputa municipal a partir do ano 2000.
A seguir, confira a checagem completa feita pela Lupa. A assessoria da Prefeitura de São Paulo foi procurada pela reportagem e respondeu a uma das checagens. A assessoria disse também que reconhece a relevância da checagem de dados realizada pela Agência Lupa, e que os "apontamentos apresentados estão alinhados com a realidade e não comprometem o entendimento sobre os temas abordados".
A cobertura das sabatinas do MyNews com os pré-candidatos a prefeito de São Paulo seguirá na Lupa nesta quinta-feira (6), com a checagem em tempo real de Guilherme Boulos (PSOL), a partir das 14h, e Pablo Marçal (PRTB), a partir das 16h. Na sexta-feira (7), será a vez de Tabata Amaral (PSB), a partir das 10h, Marina Helena (Novo), a partir das 14h, e Kim Kataguiri (União Brasil), a partir das 16h.
Assista à entrevista:
Confira a checagem:
"Recebi o presidente [da Enel] que trouxe um plano que vai investir R$ 6 bilhões para melhorar a infraestrutura"
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Exagerado
De acordo com comunicado publicado pela Enel, serão investidos R$ 6,2 bilhões na capital paulista e também nas outras 23 cidades da região metropolitana de São Paulo que faz parte da área de concessão da empresa, entre 2024 e 2026. Ou seja, o valor citado por Nunes é exagerado, uma vez que o total prometido pela empresa será dividido entre todos esses municípios.
O plano foi apresentado ao prefeito Ricardo Nunes em abril deste ano. O investimento também não será apenas em infraestrutura. O dinheiro servirá para modernizar a rede elétrica, contratar colaboradores, intensificar manutenções preventivas e aumentar o número de podas preventivas, diz o comunicado da Enel.
“Fiz decreto desapropriando 11% do território da cidade que tem mata para ficar pública”
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Verdadeiro
Em 21 de fevereiro deste ano, o prefeito Ricardo Nunes assinou decretos que declararam de utilidade pública (DUP) 32 áreas verdes particulares que somaram 16.531 hectares – isto é, cerca de 10,9% do território da capital – para serem destinados para preservação ambiental. 
“No 1º turno [da eleição de 2022], os votos de centro do [Rodrigo] Garcia com Tarcisio deram meio milhão de votos a mais do que Haddad [na capital]"
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Exagerado
Nunes exagerou a diferença no resultado eleitoral de 2022. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que, no 1º turno das eleições para governador de São Paulo, Fernando Haddad ficou em 1º lugar na capital paulista, com 2.804.984 votos. Tarcísio de Freitas (Republicanos), em segundo, obteve 2.057.965 total de votos, enquanto Rodrigo Garcia (PSDB) recebeu 1.183.517 votos. Juntos, os dois somaram 3.241.482. Esse total representa uma diferença de 436.498 votos ante Haddad – e não “meio milhão de votos a mais”.
"Hoje tenho plano diretor de drenagem que eu não tinha, uma série de projetos que a gente não tinha"
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Falta contexto
O Plano Diretor de Drenagem de São Paulo começou a ser elaborado em 2014 — ainda na gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT). À época, a prefeitura disponibilizou como subsídio um Manual de Drenagem, dividido em três volumes, que trouxe os princípios adotados para o planejamento da drenagem urbana, diretrizes para projetos, dentre outros.
Durante o decorrer dos anos, foram lançados Cadernos de Bacias Hidrográficas (CBH) que funcionavam como instrumentos de planejamento e gestão que tratavam exclusivamente da questão da drenagem urbana de São Paulo. Os primeiros cadernos foram lançados em 2016.
A 1ª edição do Plano Diretor de Drenagem do Município, com as ações prioritárias da gestão, foi lançada somente em 2022. Esse plano de ações reúne 56 obras de drenagem propostas nesses Cadernos de Bacias Hidrográficas (CBH) publicados pela secretaria.
“Nós elevamos o nosso efetivo para 7.099 guardas metropolitanos”
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Verdadeiro
De acordo com a Secretaria de Segurança Urbana, em maio de 2024 a capital paulista contava com 7.039 agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) —  apenas 60 a menos que o informado por Nunes. 
"Sabem quantas UPAs tinham até 2016, até o PT? Tinham 3"
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Falta contexto

Até 2016, a cidade de São Paulo só tinha três Unidades de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas — todas entregues pelo ex-prefeito Fernando Haddad (PT). Entretanto, a gestão do petista deixou 12 obras de UPAs em andamento. Muitas dessas UPAs foram entregues nas gestões de João Doria (2017-2018) e Bruno Covas (2018-2021), por exemplo — como confirma nota da prefeitura de São Paulo enviada à Lupa em checagem produzida em 2021.
“Teve três governos do PT e nenhum se reelegeu”
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Falta contexto
Políticos filiados ao Partido dos Trabalhadores (PT) foram eleitos para comandar a prefeitura de São Paulo em três ocasiões: Luiza Erundina (1988), Marta Suplicy (2000) e Fernando Haddad (2012).
Apesar de Haddad e Marta Suplicy terem tentado e não conseguido conquistar um segundo mandato, o mesmo não se pode dizer de Luiza Erundina. É que a emenda que instituiu a reeleição no Brasil para presidente, governadores e prefeitos foi aprovada apenas em 1997 e, para as disputas à prefeitura, só passou a valer no pleito de 2000 — ou seja, Luiza Erundina não teve a possibilidade de se candidatar à reeleição em 1992 porque isso era proibido na época.
Apenas dois políticos conseguiram se reeleger na capital paulista desde que isso se tornou possível: Gilberto Kassab (PSD), que atuou como vice-prefeito entre janeiro de 2005 e março de 2006, quando assumiu a prefeitura após José Serra (PSDB) deixar o cargo para competir a governador de São Paulo; e Bruno Covas (PSDB), que foi vice entre janeiro de  2017 e abril de 2018, época em que também assumiu a prefeitura, porque João Doria (PSDB) saiu para se candidatar ao governo do estado. Tanto Kassab quanto Covas disputaram a reeleição no município e conseguiram vencer a disputa.
Em resposta à Lupa, a assessoria da Prefeitura de São Paulo disse que Luiza Erundina “não podia se candidatar à reeleição, mas o PT podia, e o então candidato, Eduardo Suplicy, foi derrotado”.
“Ano passado [2023] foram 14 bilhões [de investimentos na cidade]. Em 2022, 8,5 bilhões. Esse número é muito grande. Maior investimento fora esses anos foi 2020, 4,1 bi.”
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Verdadeiro
De acordo com o Relatório de Gestão Fiscal acumulado do 3° quadrimestre de 2023, publicado em 27 de fevereiro de 2024 (página 13), a prefeitura investiu R$ 14,1 bilhões em 2023. Em 2022, foram R$ 8,8 bilhões; em 2021, R$ 3,8 bilhões; e 2020, R$ 4,5 bilhões – números muito próximos aos citados por Nunes na sabatina.
“(...) Criamos uma agência reguladora que controla esse contrato [da empresa que presta serviço de iluminação]”
– Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo (SP) e pré-candidato à reeleição, em sabatina do MyNews, em 5 de junho de 2024
Verdadeiro
Clique aqui para ver como a Lupa faz suas checagens e acessar a política de transparência
A Lupa faz parte do
The trust project
International Fact-Checking Network
A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos.
A Lupa está infringindo esse código? FALE COM A IFCN
Tipo de Conteúdo: Checagem
Conteúdo de verificação e classificação de uma ou mais falas específicas de determinada pessoa, seguindo metodologia própria.
Copyright Lupa. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.

Leia também


26.06.2024 - 18h01
Checagem
No UOL, Lula erra sobre economia e ao negar críticas à gestão Bolsonaro

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concedeu entrevista ao UOL, nesta quarta (26), e tratou de assuntos como economia, aborto, drogas e a saída temporária de detentos. O petista errou ao dizer que todos os dados econômicos melhoraram depois que assumiu o governo e ao negar ter criticado o governo de Jair Bolsonaro (PL).

Gabriela Soares
07.06.2024 - 15h51
Sabatina MyNews
Kim erra dados sobre desaprovação de Haddad e atendimento psicossocial

A Lupa deu a largada à cobertura das eleições de 2024 com a checagem da sabatina promovida pelo MyNews com os pré-candidatos à prefeitura de São Paulo (SP). O sexto entrevistado foi o deputado federal por SP Kim Kataguiri (União Brasil), que errou dados sobre desaprovação do ex-prefeito Fernando Haddad e de leitos de atendimento psicossocial.

Carol Macário
07.06.2024 - 13h49
Sabatina MyNews
Marina Helena erra sobre acidentes em SP e exagera sobre educação no Ceará

A Lupa deu a largada nesta semana à cobertura das eleições municipais de 2024 com a checagem da sabatina promovida pelo MyNews com os pré-candidatos à prefeitura de São Paulo (SP). A quinta entrevistada foi Marina Helena (Novo), que errou ao citar dado sobre acidentes envolvendo motocicletas e exagerou sobre professores temporários no Ceará

Carol Macário
07.06.2024 - 09h49
Sabatina MyNews
Tabata erra sobre dados de trânsito e vagas para dependentes químicos

A Lupa deu a largada nesta semana à cobertura das eleições municipais de 2024 com a checagem da sabatina promovida pelo MyNews com os pré-candidatos à prefeitura de São Paulo (SP). A quarta entrevistada foi a deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP), que errou sobre dados de trânsito e a quantidade de CEUs e vagas para tratar dependentes químicos

Carol Macário
06.06.2024 - 15h49
Sabatina MyNews
Pablo Marçal erra sobre candidatura indeferida, obras e combate à dengue

A Lupa deu a largada nesta semana à cobertura das eleições municipais de 2024 com a checagem da sabatina promovida pelo MyNews com os pré-candidatos à prefeitura de São Paulo (SP). O terceiro entrevistado é Pablo Marçal (PRTB) que errou ao falar sobre sua candidatura indeferida à presidência em 2022, obras e combate à dengue.

Carol Macário
Lupa © 2024 Todos os direitos reservados
Feito por
Dex01
Meza Digital